Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



 

 


A mão criminosa é a mão que faz os incêndios. Só faz incêndios. O resto das outras maldades é feito pelo corpo todo e também pelos mercados. Parece-me que são duas porque é muito difícil uma mão sozinha segurar num fósforo e raspar naquela lixa ao mesmo tempo. Podia usar um isqueiro mas apagava-se logo que a mão criminosa o largasse nos entulhos que são as florestas. Eu acho que a mão criminosa é do tipo masculino porque se fosse mão criminosa mulher tinha neiles e depois não podia fugir que as neiles são assim como os tacões muito altos que a minha prima usava no trabalho. A minha prima Idalina diz que correr com aquilo era complicado quando tinha de fugir da polícia que fazia a vistoria onde a minha prima tinha o escritório. Agora usa croques e mudou-se para o lado dos eucaliptos que são umas árvores que vieram do país onde há coalas. Os coalas são como os pandas mas em castanho e nascem das cesarianas que as canguruas têm de nascença. Era bom que os nossos governantes mandassem vir coalas do país onde há muitas porque os bichos comem eucaliptos e assim a mão criminosa não tinha onde pegar fogo. Fica a ideia. A mão criminosa vai pela calada da noite incendiar as matas e as redes sociais e as dos telefones Sirespes que eram do senhor Zanal Baba que foi embora sem agradecer a medalha que lhe deram por ser muito poupado. Depois a mão criminosa desata a fugir muito depressa com os dedinhos a dar a dar. Parecendo que não os dedinhos da mão criminosa são como aquele atleta chamado Bolte que corre como um supositório. Mal a gente o larga enfia-se por ali fora tão depressa que a gente até sente o rabo a arder. O meu avô diz que para a mão criminosa só a mão pesada e que o que é preciso é uma mão de ferro. Eu não acho. Eu acho que o país já tem muitos manetas.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gaffe



3 coisas escritas

De Genny a 22.08.2017 às 14:48

Boa ideia, Gui! Toca a trazer coalas 

De P.P. a 22.08.2017 às 21:35

Para mim, esta problemática vai além do ordenamento do território. Os incêndios deviam existir, tal como em África, quando provocados por causas naturais.
Quem vive "no meio da floresta", como eu, sabe que há mais. Muito mais...

De Maria Araújo a 23.08.2017 às 15:48




Gui, uma mão de ferro a arder que bem lhes fazia.

Escrever uma coisinha