Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

 


Eu gosto muito de senhoras e como a minha professora me mandou escolher três senhoras que são importante para o nosso país eu vou escolher a senhora dona Isilda Pegado porque a minha professora gosta muito dela. Não me lembro assim de mais nenhuma de repente. A dona Isilda foi ver o Papa e disse-lhe que os homens sensuais vão ficar podres quando forem velhos sem ninguém para lhes enfiar a algália que é uma coisa que ampara muito os velhinhos e que tem duas rodas à frente que os ajuda a andar que os velhos são como o meu avô da parte do pai e já não andam sem aparadeira que é uma coisa com que a dona Isilda se preocupa e que se não tiver rodas acho que faz chiadeira como a cadela da minha prima Idalina mas a que ladra e não a minha prima que também traz coleira mas só às terças-feiras que é quando tem as visitas do senhor Américo. O senhor Américo trabalha em peles e tem de vestir umas calças que só têm pernas porque sofre das hemorróidas que são uma espécie de batatas que cresce na pele. A dona Isilda tem uma na bochecha com que deu um beijo no anel do senhor Papa que lhe disse que os homens sensuais não podem ter filhos. É por isso a Dona Isilda é útil ao país porque reza pelos homens sensuais e lhes diz para casarem antes com as mulheres que também são homens sensuais que assim se aparavam uns aos outros na velhice e deixavam a Dona Isilda livre para dar cambalhotas com os velhos que não são homens sensuais por causa da idade que a idade é uma coisa que não perdoa como diz a minha avó que pensa que uma algália é um tubo que se mete na pila. Isto é uma coisa que eu não entendo muito bem mas não posso perguntar porque já apanhei um safanão do meu primo Zeca que me garantiu que os homens sensuais são do pior que pode haver e que só nos querem comer os tomates mas o meu primo Zeca é muito estúpido porque sabe que nós só plantamos comida biológica porque assim não precisamos de comprar adubo e desodorizantes das plantas e que não plantamos tomates porque compramos em latas. É muito triste ser como o meu primo Zeca. Triste e esquisito porque o meu primo Zeca acha sensual a senhora dona Cristina Ferreira que apareceu quase nua na capa da revista que faliu mas afinal não e que pode ser a segunda senhora importante desta redacção que me está a correr tão bem que até parece um dos livros que se chamam sempre uma aventura que a dona Alçada Baptista que é ministra da defesa das crianças escreve e que a dona Canavinhas que é presidente da Casa da Música carimba com uma coisa que diz Ler+. Depois toca piano para descontrair e não pensar na senhora dona Cristina Ferreira que apareceu quase nua na revista que tinha o Sabrosa de pila ao léu. A minha prima Idalina diz que se fosse o senhor padre Justino a mostrar o cu aos cachopos do colégio já estava preso por podologia mas ela já pode mostrar o que lhe apetece porque é Laica como a cadela da minha avó que ficou a chamar-se assim por cauda dos astronautas. O meu primo Zeca diz que se fosse ele mandava a Dona Alçada aparecer também toda nua na capa da TV Mais para acabar com a polémica que é uma redacção para um piano com cu ter na tampa com um arranjo de flores em cima. Como me falta agora a terceira senhora importante e já não conheço mais nenhuma vou falar no Senhor Cavaco Silva que não é um homem sensual e que já se foi mas é o que se arranja. O senhor Cavaco Silva foi o Presidente da Câmara e escreve livros à Quinta-feira a dizer mal do Sócrates que era um senhor muito inteligente que morreu na Grécia e que escreveu umas frases para meter no feiceboque. O senhor Cavaco Silva assinou uma coisa que não podia sobre os homens sensuais. A dona Isilda não o deixava mas foi obrigado por aqueles terrorista dos homens sensuais e teve de vir dizer às pessoas que foi sem querer. Eu até entendo o senhor Cavaco Silva porque estou aqui estou a apanhar dois chapadões da minha professora que me vão arrancar os dentes se não assino esta composição que me saiu tão bonita com uma letra redondinha. Eu gosto muito destas três senhoras importantes para o país.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gaffe